Homenagem da Câmara Municipal aos profissionais da saúde de Araras!

Notícias



Câmara aprova veto do Prefeito e reposição salarial dos servidores valerá já a partir deste mês

Foram oito votos favoráveis à exclusão da emenda e um contrário, Jacovetti e Jackson de Jesus estiveram ausentes da sessão
Visualize fotos

Na tarde de sexta-feira (3), durante a 3ª sessão extraordinária de 2020, na Câmara Municipal de Araras, os vereadores aprovaram, por oito votos favoráveis e um contrário, o veto do Prefeito Rubens Franco Junior (DEM), à emenda no projeto que trata sobre a reposição salarial dos servidores públicos municipais. Os vereadores Jackson de Jesus e Carlos Alberto Jacovetti estiveram ausentes da sessão. O Vice-Presidente do Legislativo, Eduardo Elias Dias – Du Segurança – foi quem presidiu o encontro extraordinário.

Com a exclusão da emenda, a reposição inflacionária de 4,5% será incorporada no salário dos servidores públicos da Prefeitura Municipal, SAEMA – Serviço Municipal de Água e Esgoto do Município de Araras -, SMTCA – Serviço Municipal de Transporte Coletivo de Araras - , ARAPREV e Câmara Municipal, já a partir deste mês. Na justificativa do veto, o Prefeito Municipal, Rubens Franco Junior, foi enfático em afirmar que há mecanismos para efetuar a reposição salarial já a partir de agora, mesmo com a crise financeira que assola o país e a preocupação com a saúde pública por causa do coronavírus.

Foram favoráveis ao veto, ou seja, à exclusão da emenda, os vereadores: Eduardo Elias Dias – Du Segurança -, Felipe Dezotti Beloto, Anete Monteiro dos Santos Casagrande, Deise Aparecida Olimpio de Oliveira, José Roberto Apolari, Marcelo de Oliveira, Pedro Eliseu Sobrinho e Regina Noêmia Geromel Corrochel (PTB). O vereador Romildo Benedito Borelli - Baiano da Farmácia -, foi o único que manteve seu voto, e foi contra ao veto do Prefeito.

O Presidente Jacovetti, que tinha sido o autor da emenda, não compareceu à sessão, pois já havia manifestado nos mais diversos veículos de comunicação que ele também manteria o seu posicionamento, ou seja, seria contrário ao veto e a favor da emenda.

Durante a extraordinária, os vereadores também aprovaram a alteração do cargo de Coordenadoria de Eficiência Energética que constava como função de comissão e agora passa a ser cargo de confiança. Além da equiparação salarial dos Chefes de Serviços e Fiscais Tributários “D” com as dos técnicos.

 

 




Publicado em: 03 de abril de 2020

Publicado por: Nilsinho Zanchetta - Diretoria de Comunicação da CMA

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias da Câmara

Fique por dentro

Outras Notícias

14 de agosto de 2020